Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11796/2853
Title: Estudo sobre Orientações Curriculares para Creche: Um contributo para a compreensão da identidade e da valorização profissional de educadores de infância
Authors: Couto, Ana Filipa Oliveira da Silva
Orientador: Craveiro, Clara
Keywords: Supervisão pedagógica
Identidade profissional
Currículo
Orientações curriculares
Issue Date: 27-Dec-2019
Abstract: Cada vez mais as famílias recorrem à procura de creches como necessidade e apoio à educação dos filhos. O aumento da importância dada à creche encaminhou-nos para uma maior preocupação sobre as atividades que nela se praticam e as suas perspetivas. Deste modo, o presente trabalho de investigação surgiu da preocupação de um desenvolvimento do trabalho pedagógico de qualidade a desenvolver na resposta social de creche. Esta preocupação surge aliada à ausência de linhas orientadoras pedagógicas na valência de creche e à ausência de uma supervisão pedagógica neste contexto educativo. No desenrolar do presente estudo tentámos compreender os sentidos e significados que as educadoras de infância atribuem às suas práticas pedagógicas, ou seja, como pensam e desenvolvem o seu trabalho no contexto de creche, bem como as suas perceções nesta resposta social, como se vêem a si próprias enquanto educadoras de crianças dos zero aos três anos. Em suma, quais as perceções sobre o seu profissionalismo docente e a sua identidade profissional no contexto de creche. Os objetivos gerais da investigação, que nos propusemos estudar, estão relacionados com o conhecimento de alguns aspetos das suas trajetórias pessoais e profissionais, a identificação da necessidade (ou não) de orientações curriculares a desenvolver junto da primeira infância e da importância atribuída à existência de uma supervisão pedagógica na resposta social de creche. Do ponto de vista metodológico, o estudo apresenta uma natureza qualitativa baseada em entrevistas realizadas a educadoras de infância. A análise da informação recolhida permitiu compreender que as educadoras de infância procuram atribuir à educação das crianças em contexto de creche uma intencionalidade educativa no sentido de se desvincular da visão assistencialista que tende a prevalecer. A existência de um currículo específico para creche, isto é, a necessidade de orientações curriculares para creche surge, assim, como meio de atribuição desse caráter educativo e de uma prática pedagógica de qualidade nesta resposta social. Todos estes aspetos conduzem a traços identitários destas educadoras e singularizam a sua identidade profissional.
Ever more often, families find in nursery support for their children education. The growing importance of these institutions led to greater concern about their activities and perspectives. This investigation comes from a concern of an adequate pedagogical work in nursery and its social response. Concern that is directly related to the lack of pedagogical guidelines and lack of supervision in this education context. This study tried to understand the reasons that kindergarten teachers attribute to their pedagogical practices, how they think and develop their work in the context of childcare, their perceptions in this social response and as they see themselves as educators of children from birth to three years old. In short, what are the perceptions about their professional identity in the context of childcare. The broad objectives of this research we proposed to study, are related to the knowledge of some aspects of personal and professional trajectories of these professionals, in addition to the identification of needs in curricular guidelines to develop in childhood and the importance attributed to the existence of a pedagogical supervision in the nursery social response. From a methodological point of view, this study presents a qualitative nature based on interviews with kindergarten teachers. The analysis of those interviews allowed us to understand that kindergarten teachers seek to attribute an educational intention in their teaching, in order to detach from the caretaking view that tends to prevail. The existence of a specific curriculum for nursing, that is, the need for curricular guidelines for daycare, emerges as a means of attributing an educational character and a pedagogical practice quality in this social response. All these aspects lead to identity traits of these educators and make their professional identity unique Keywords: nursing, professional identity, curriculum, curriculum guidelides for nursing, pedagogical supervision
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11796/2853
metadata.thesis.degree.name: Mestrado na área das Ciências da Educação - Especialização em Supervisão Pedagógica
Appears in Collections:Supervisão Pedagógica

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Tese versão final.pdf2.65 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.