Please use this identifier to cite or link to this item: http://hdl.handle.net/20.500.11796/755
Title: Inclusão social dos jovens com deficiência mental: o papel da formação profissional
Authors: Ribeiro, Sara Cristina Martins
Orientador: Afonso, Carlos
Keywords: Formação profissional--deficiente mental
Deficiência mental--prática pedagógica
Issue Date: Sep-2009
Citation: RIBEIRO, Sara Cristina Martins - Inclusão social dos jovens com deficiência mental: o papel da formação profissional. Porto : [ed. autor], 2009. 206 f.. Dissertação de Mestrado em Ciências da Educação - Especialização em Educação Especial, apresentada à Escola Superior de Educação de Paula Frassinetti, sob a orientação do Professor Doutor Carlos Manuel Peixoto Afonso.
Abstract: Este estudo tem como objectivo principal analisar as representações sociais sobre o modelo actual de formação profissional em instituição para jovens tradicionalmente designados "com deficiência mental" e o seu papel no processo de transição para a vida adulta e na inclusão social. Partindo do testemunho dos próprios actores neste processo - jovens "com deficiência mental ligeira a moderada", familiares, colegas de trabalho, empresários e técnicos de formação profissional -, e da análise de conteúdo de onze entrevistas, conclui-se que a formação profissional se afigura, de facto, como um motor de inclusão social. Constata-se que a formação profissional é decisiva, não só no desenvolvimento de competências pessoais e técnicas, como também na promoção do acesso ao emprego, favorecendo todo o processo de emancipação dos jovens com DM, quer ao nível das tomadas de decisão, quer ao nível da organização independente da sua vida e da participação nas diferentes esferas sociais, à semelhança dos restantes jovens da sua idade. No discurso dos entrevistados emerge o desejo de erradicação do termo deficiência mental, com o qual não se identificam os jovens do estudo, equacionando-se a deficiência mental como "constructo social" do Outro. Os resultados da pesquisa aclaram também fragilidades do modelo de formação em instituição, quer quanto ao local da sua realização, quer na oferta formativa e estrutura do próprio modelo, que não garante qualificação certificada, apontando-se críticas à própria Escola que continua a delegar em sistemas paralelos supostamente "inclusivos" a função educativa/formativa que lhe compete. Por isso, esta pesquisa desencadeia futuras investigações que permitam a requalificação da escola regular e a oferta de modelo de formação profissional no seu interior a todos sem excepção, numa óptica de escola intermulticultural.
Description: 206 f.
URI: http://hdl.handle.net/20.500.11796/755
Appears in Collections:

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TM-ESEPF_SaraRibeiro_anexos.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open
null1.25 MBAdobe PDFView/Open


FacebookTwitterDeliciousLinkedInDiggGoogle BookmarksMySpace
Formato BibTex MendeleyEndnote Currículo DeGóis 

Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.